Conky – Monitor de sistema levíssimo

Às vezes se torna cansativo abrir o terminal para que saibamos o que está acontecendo no nosso sistema, como por exemplo, carga sobre o processador, quantidade de processos ativos, quantidade de memória utilizada por algum processo, capacidade disponível do sistema de arquivos, e muito mais…
Nestas horas se torna viável um “monitor de sistema” para evitarmos os desgastes de nossos dedinhos, além de embelezar o nosso ambiente de trabalho com informações preciosas a todo momento bem debaixo do nosso nariz.
Geralmente, quando procuramos um monitor de sistema cheio de recursos sempre nos deparamos com os mesmos: GDesklets (Gnome), SuperKaramba (KDE 3) ou o Plasma (KDE 4), além de alguns outros. Não vou desmerecê-los, pois são muito bonitos e têm recursos interessantes, mas às vezes se tornam um problema executá-los em um micro com poucos recursos de hardware. E foi por esse motivo que me convenci a utilizar o Conky, um monitor de sistema levíssimo baseado no torsmo que pode ser personalizado simplesmente através da edição de um único arquivo.
A instalação é bem simples, nas maiores distribuições procure no gerenciador de pacotes por “conky”. Após o términio da instalação, execute pelo comando:

$ conky

Aparecerá uma janelinha escura e estranha. Quem já viu um Superkaramba ou Gdesklet vai dizer: “Isso aí que vai embelezar meu ambiente gráfico?”.
Calma! Vamos dar alguns retoques através de configurações. Mas antes de tudo, vamos criar o arquivo de configurações. Abra o terminal e digite:

$ touch ~/.conkyrc

Pronto! O arquivo foi criado, e agora mão na massa!
Abra o arquivo com um editor de texto de sua preferência (no meu caso, o mousepad).

$ mousepad ~/.conkyrc

E deixe assim:
___________________________________
background yes
font Zekton:size=7
xftfont Zekton:size=7
use_xft yes
xftalpha 0.1
update_interval 1.0
total_run_times 0
own_window yes
own_window_type override
own_window_transparent yes
own_window_hints undecorated,below,sticky,skip_taskbar,skip_pager
double_buffer yes
draw_shades yes
draw_outline no
draw_borders no
draw_graph_borders yes
minimum_size 220 5
maximum_width 220
default_color d7d7d7
color1 red
color2 green
default_shade_color black
default_outline_color black
alignment top_right
gap_x 10
gap_y 50
no_buffers yes
cpu_avg_samples 2
override_utf8_locale yes
uppercase no # set to yes if you want all text to be in uppercase
use_spacer no

TEXT
${font Zekton:style=Bold:pixelsize=20}${alignc}${time %H:%M:%S}${font Zekton:size=8}
${font Zekton:style=Bold:pixelsize=10}${alignc}${time %A – %D}${font Zekton:size=8}

${font Zekton:style=Bold:pixelsize=16}${alignc} CONKY ${font Zekton:size=8}

SYSTEM ${hr 1 }

Hostname: $alignr$nodename
Kernel: $alignr$kernel
Uptime: $alignr$uptime
Processes: ${alignr}$processes ($running_processes running)
Load: ${alignr}$loadavg
CPU ${alignc} ${freq}MHz / ${acpitemp}C ${alignr}(${cpu cpu1}%)
$color1${cpubar 4 cpu1}$color
$color2${cpugraph}$color
RAM ${alignr}$mem / $memmax ($memperc%)
$color1${membar 4}$color
SWAP ${alignr}$swap / $swapmax ($swapperc%)
$color1${swapbar 4}$color

Highest CPU $alignr CPU% MEM%
${top name 1}$alignr${top cpu 1}${top mem 1}
${top name 2}$alignr${top cpu 2}${top mem 2}
${top name 3}$alignr${top cpu 3}${top mem 3}

Highest MEM $alignr CPU% MEM%
${top_mem name 1}$alignr${top_mem cpu 1}${top_mem mem 1}
${top_mem name 2}$alignr${top_mem cpu 2}${top_mem mem 2}
${top_mem name 3}$alignr${top_mem cpu 3}${top_mem mem 3}

FILESYSTEM ${hr 1}${color}

Root: $alignr ${fs_used /} / ${fs_size /} ($alignr${fs_free_perc /}%)
$color1${fs_bar 4 /}$color
Home: $alignr ${fs_used /home/} / ${fs_size /home} ($alignr${fs_free_perc /home}%)
$color1${fs_bar 4 /home}$color
Dados: $alignr ${fs_used /media/dados} / ${fs_size /media/dados} ($alignr${fs_free_perc /media/dados}%)
$color1${fs_bar 4 /media/dados}$color
HD I/O $color2 ${diskiograph 19}$color
Temperature HD1 : $color2 $alignr ${hddtemp /dev/sda} $color
Temperature HD2: $color2 $alignr ${hddtemp /dev/sdb} $color

NETWORK ${hr 1}${color}

Conexão Local:
Down ${downspeed eth0} k/s ${alignr}Up ${upspeed eth0} k/s
$color2${downspeedgraph eth0 25,107 000000 93C9EB} ${alignr}${upspeedgraph eth0 25,107 000000 93C9EB}$color
Total ${totaldown eth0} ${alignr}Total ${totalup eth0}

Conexão 3g
Down ${downspeed ppp0} k/s ${alignr}Up ${upspeed ppp0} k/s
$color2${downspeedgraph ppp0 25,107 000000 93C9EB} ${alignr}${upspeedgraph ppp0 25,107 000000 93C9EB}$color
Total ${totaldown ppp0} ${alignr}Total ${totalup ppp0}

___________________________________

Agora feche o conky e abra-o novamente:

$ killall conky
$ conky

Notou alguma diferença? Sim? Esse arquivo de configuração foi apenas um exemplo, encontre mais arquivos configurados em “http://conky.sf.net/“, ou fique à vontade para configurar o seu próprio arquivo.

$ killall  -SIGUSR1  conky

Não entrei em detalhes sobre cada configuração porque todas as opções estão disponíveis através da própria documentação do conky.
Espero que tenham gostado, e se alguém testar em um micro equipado com um “poderoso” Pentium I 100Mhz, ficarei grato em ler seu comentário! Que a força esteja com você!